O hate é livre? - Briga de fandoms, anti-fãs e outros.

quarta-feira, 29 de março de 2017 2 comentários
A gente sabe que não é de hoje que o hate no kpop existe. Desde os primórdios eu tentando parecer culta, quando as crianças brigaram por ser blackjack e a outra ser sone, ser E.L.F ou V.I.P, e por aí vai, isso infelizmente existe, mas está tomando proporções que chegam a ser absurdas, aí a gente se pergunta do porquê tem gente assim nesse mundo, certo?

Como eu disse, não é de hoje que tem gente infantil no Kpop, e claramente podemos ver isso em vários momentos da nossa sofrida vida de fãs, gente que não sabe que ter opinião própria e ofender são duas coisas completamente diferentes. Antes era tudo discussão "inocente" e que a gente até pode entender de certa maneira, porque era na questão de musicalidade, e não de charts e essas coisas.
Essa coisa começou a ficar tão ridícula atualmente que as vezes dá vergonha de falar "eu sou kpopper". A gente pode ver que quem faz não merece ser chamado de fã, pois eles fazem isso pois se sentem prejudicados de alguma forma, e a única forma (pelo menos do modo que eles veem) é atacando o fandom dos outros.

Tem casos horríveis (alguns no KPOP NOW), desde o icônico Black Ocean de SNSD até ataques diretos aos idols, tentando prejudica-los de alguma forma. Um caso recente e que eu me lembro com mais facilidade foi os ataques online de fãs de EXO (EXO-L) e BTS (ARMY) e até mesmo a tentativa de Black Ocean pra BTS e Seventeen no MMA 2016 (que graças a Deus teve outros fandoms que ajudaram a não acontecer), e quem acompanha o allkpop vê que tem sempre um absurdo pra cada dia do ano.

A gente (principalmente pra quem tá nessa vida a mais tempo) vê que a indústria do Kpop não é fácil e muitas vezes injusta, e tem pessoas que estão aí por puro prazer de prejudicar alguém. Nós vemos que na Coreia esse hate todo é mais claro, por eles estarem mais próximos aos artistas e serem muito fanáticos, mas os fãs internacionais (tirando uns e outros) buscam ao máximo dar amor e demonstrar seu afeto pelos grupos e pelos outros fandoms também, é todo mundo uma grande união.

Eu, sinceramente, não vejo o porque de tudo isso. Quando eu não gosto de um artista (digamos que a Hyuna, que é uma das mais criticadas e eu não sou muito fã também), eu simplesmente não ligo pra ele, ao invés de mandar bombas e tentar envenenar até matar o ser; todo mundo tem o direito a ter sua opinião, mas tem uns que acham bonito tentar crescer em cima de alguém, tanto na indústria como na vida também. Acho que tudo tem seu limite, e com certeza alguns kpoppers já estouraram ele a muito tempo.

Resenha: Detective Alice/Investigator Alice

segunda-feira, 27 de março de 2017 Nenhum comentário

Olá, como vão? Hoje nem é dia de postar resenha, mas como eu ando com o tempo corrido decidi trocar os dias e deixar a postagem que seria de hoje para quarta, já que eu preciso sentar e organizar as ideias com cuidado, já que é post polêmico amoooo!. Por hoje vou deixar a resenha desse drama com a bias maravilhosa do Arosa e o que eu achei dele.

Resenha: Dream Knight (드림 나이트 - webdrama)

domingo, 26 de março de 2017 4 comentários
É, eu sei que tô postando no dia da Choi, mas meio que me enrolei com as coisas aqui e esó postei no YT, esquecendo de postar aqui!

Bom, espero que gostem, tava com um medinho de leve da resenha em vídeo, mas depois das edições ficou tudo mais "normal", bom, vamos ver?

Resenha: Be Arrogant/DodoHara (도도하라)

quarta-feira, 22 de março de 2017 Nenhum comentário
Hoje temos mais uma resenha de doramas, podem gritar, eu deixo. Eu assisti um número considerável e estou tentando colocar e compartilhar tudo aqui com vocês, então espero que aproveitem o post, assim como os que estão por vir.

[EVENTO] KPOP PLAY Parte 2: Sucesso ou não?

segunda-feira, 20 de março de 2017 Nenhum comentário
Cr: Midori no Instagram
Olá galerinha, como vão? Então, hoje eu vim com uma matéria de um evento (faz tempo né) que ocorreu aqui em São Paulo nesse sábado (18/03) no colégio Polilógos, um evento organizado pela página NPOMV em parceria com a loja My K-Shirt. Foi o primeiro evento puramente de Kpop que eu fui, então é muito diferente da atmosfera otaku que a gente respira nos eventos de anime. Mas pra continuar sabendo o que rolou, clica no "Leia mais", ok?

Resenha: Até que os sogros os separem (위험한상견례 2)

quarta-feira, 15 de março de 2017 Nenhum comentário

Olá pessoal! Como vão? Primeiro de tudo, hoje é o aniversário de três anos do blog! Muito tempo se passou, rápido demais, diga-se de passagem, muitas cdc's saíram, mas guardamos muitas boas memórias daqui, e estou muito feliz de poder continuar com isso e com a Choi, firmes e fortes sempre! Agora deixando de lado toda a emoção e tal, hoje tem uma resenha muito especial pra esse dia que merece.

Será que a Season 2 de "Produce 101" vai dar certo?

segunda-feira, 13 de março de 2017 Nenhum comentário

Olá galerinha, tudo bem? Vim falar um pouco sobre esse assunto que já tá pra ter bafafa e muita farofa entre os kpoppers de plantão, a season 2 do Programa "Produce 101", o mesmo que debutou o grupo da nação IOI no ano passado. Vamos conversar um pouco sobre isso?

STELLAR NO BRASIL: Guia rápido introdutório

segunda-feira, 6 de março de 2017 Nenhum comentário
Hoje vim aqui na maior cara de pau enaltecer essas divas sim! Como alguns devem estar sabendo, Stellar está vindo para São Paulo no dia 26 de março para fazer um fansign e showcase no Clash Club, localizado no bairro da Santa Cecília. Infelizmente eu não poderei ir, mas tem muita gente que é fã ou vai ir dar apoio ao grupo, então fiz esse post rápido com as informações mais básicas sobre o grupo e também dar algumas dicas e destacar coisas importantes pro evento (e não, não é publi, mas se quiserem me dar um ingresso estou a disposição).

Resenha: Weightlifting Fairy Kim Bok Joo (A Fada do Levantamento de Peso)

quarta-feira, 1 de março de 2017 Nenhum comentário
 

Olá gente, como estão? Havia prometido que ia voltar com uma resenha, mas como sempre cá estou eu, atrasada. Eu e a Choi estamos tentando voltar com o blog e esperamos muito o apoio de vocês! Enfim, vamos a resenha.
 
Desenvolvido por Michelly Melo.